Edino Krieger


Nascido na cidade de Brusque (SC), em 1928, Edino Krieger começou sua instrução em violino aos 7 anos. Pouco tempo depois, conquistou uma bolsa de estudos para o Conservatório Brasileiro de Música e estudou por um ano na renomada escola de música Juilliard School of Music de Nova Iorque. É um dos principais nomes da criação musical brasileira. Seu catálogo inclui cerca de 150 obras para orquestra sinfônica e de câmara, oratório, música de câmara, obras para coro e para vozes e instrumentos solistas, além de partituras incidentais para teatro e cinema.

As composições de Edino têm sido executadas com frequência no Brasil e no exterior. Recebeu, entre outros, o Prêmio Música Viva, o Prêmio Internacional da Paz, o primeiro lugar no Concurso Nacional de Composição do Ministério da Educação, foi agraciado com a Medalha de Honra do Cinquentenário do Teatro Municipal do Rio de Janeiro e a Medalha Anita Garibaldi de Santa Catarina. Foi construindo, aos poucos, sua reputação de compositor com música de câmara e sinfônica, peças para teatro e cinema. Estudou composição com Lennox Berkeley e trabalhou com terapia musical no Hospital do Engenho de Dentro.

A peça Ludus Symphonicus foi escrita para o 3º Festival de Música de Caracas e estreada pela Orquestra Filarmônica da Filadélfia e, o notável Estro Armônico, uma de suas obras-primas, foi organizada em um sistema de serialismo vertical de grande coesão estrutural. Foi um dos compositores homenageados do II FMCB (Festival de Música Contemporânea Brasileira) e é o atual Presidente da Academia Brasileira de Música, tendo sido eleito por unanimidade.

Citações sobre o compositor



“Formou uma geração de ouvintes e leitores em programas de rádio e críticas em jornais. É na criação com pautas musicais que Edino quer deixar seu principal legado”
O Globo (Rio de Janeiro)

“Ele consegue lidar com as diferentes linguagens musicais como poucos”
Isaac Karabtchevsky (regente da Petrobras Sinfônica).

“Para mim, ele é o maior compositor brasileiro vivo”
Tim Rescala (músico)

“É uma referência, incorporou à sua música todas as tendências importantes do século XX”
João Guilherme Ripper (músico e diretor da Sala Cecília Meireles)

Galeria de fotos do compositor

 



OUTROS COMPOSITORES

Edino Krieger

Compositor e multi instrumentista

Edmundo Villani-Côrtes

Maestro, compositor, arranjador e professor

Edson Zampronha

Compositor

Gilberto Mendes

Compositor, arranjador e instrumentista

Hermeto Pascoal

Compositor arranjador e multi-instrumentista

Paulo Costa Lima

Compositor, arranjador, multiinstrumentista e professor

Ricardo Tacuchian

Maestro, compositor e arranjador

Ronaldo Miranda

Compositor